PUBLICADO EM: 03/03/2022

Rock Your Street!

Capa

Bem-vindo a este mundo real, sem filtros, sem máscara, que reconhece a beleza que existe nas diferenças, que anda de mãos dadas com todas as cores e que é feito de todos os sonhos. Este é o mundo que queremos. E você? Rock Your Street.

O desafio está lançado. Após várias viagens por continentes, etnias, ritmos e culturas diferentes, a nova Rock Street chega, esta edição, mais rica e plural e, tal como o manifesto que a traduz, pretende dar palco a um mundo feito de todos e para todos. Com um lineup carregado de grandes nomes da world music, performances de rua que trazem diferentes expressões culturais ao festival e uma nova e vibrante cenografia, a Rock Your Street apresenta-se, agora, como um espaço além-fronteiras, onde “pluralidade” é a palavra-chave. Aqui, não existem barreiras geográficas nem entre raça, religião, crenças ou visões políticas, género ou idade. É um espaço dedicado ao Mundo, às pessoas, à sua história, ao respeito e à empatia e que celebra a riqueza que existe nas diferenças.

Dando as boas-vindas a artistas oriundos de diferentes culturas e todos os cantos do mundo – incluindo Portugal, República do Níger, República Democrática do Congo, EUA, Angola, Turquia, Paquistão, Síria, México, Brasil e Coreia do Sul – a pluralidade do cartaz da Rock Your Street também se espelha nos estilos musicais, na idade e no género dos seus artistas, juntando vozes já consagradas com novas propostas musicais, descendentes dos mais variados backgrounds. Desde fado e eletrónica a techno e pop, de jazz a ritmos tradicionais africanos, muitas mais são as sonoridades que vão passar pela rua mais eclética da Cidade do Rock, num palco onde estão confirmados Jupiter & Okwess, Bombino, Paulo Flores & Prodígio, Bruno Pernadas, Omar Souleyman, Arooj Aftab, Idiotape, Johnny Hooker, Titica, Sara Correia, Magdalena Bay e Francisco, El Hombre.

“O Rock in Rio é plural desde que foi criado, em 1985. Na nova Rock Street trazemos, tanto para a cenografia como para a proposta de entretenimento, a nossa filosofia de que o mundo faz muito mais sentido quando somamos tudo aquilo que somos. No Rock in Rio essa visão está materializada na nossa equipa, composta por várias nacionalidades e mais de 60% de mulheres, nas iniciativas sociais que temos vindo a implementar ao longo dos últimos 21 anos, nas pessoas que formamos e empregamos e, este ano, porque é preciso ir mais longe, estabelecemos como uma das metas da Organização para 2030 ser um festival 100% inclusivo e plural”, afirma Roberta Medina, Vice-Presidente do Rock in Rio.

OUTRAS NOVIDADES