A Rock Street é já um sucesso consolidado junto dos visitantes da Cidade do Rock, que a cada edição encontram nesta rua manifestações artísticas e performances ímpares, além de se apresentar como um espaço privilegiado de festa onde o público se sente ainda mais envolvido, podendo interagir com o espetáculo e os próprios artistas.

Depois do sucesso da edição 2016, em que o ritmo brasileiro contagiou o público português, a inspiração para a Rock Street 2018 chega do continente africano – inspiração de todos os ritmos e estilos musicais, incluindo o rock e o pop.

No Rio, o espaço contou com uma série de apresentações de músicos de países como o Mali, Burundi, Congo, Marrocos, Guiné e performances de artistas de rua. Eles farão da Rock Street África um ponto de celebração musical que certamente levará aos milhares de visitantes a identificação com a origem de todos os ritmos que estarão sendo levados aos outros palcos do festival. No cartaz do Brasil, nomes expressivos da música africana, como Les Tambours de Brazza, Freddy Massamba, Tyous Gnaoua, Ba Cissoko, Mamani Keïta e Alfred et Bernard. Aguarda que logo vamos revelar mais sobre o cartaz de Lisboa!